Warning: Attempt to read property "display_name" on bool in /home/matogrossototal.com/public_html/wp-content/plugins/wordpress-seo/src/generators/schema/article.php on line 52

O mercado de franquias no Brasil vem chamando a atenção como um modelo de negócio em ascensão. De acordo com os dados divulgados na Pesquisa Trimestral de Desempenho do setor, realizada pela Associação Brasileira de Franchising (ABF), feito em parceria com a BR Insights, no terceiro trimestre deste ano, as redes tiveram um faturamento de R$ 56,256 bilhões, um faturamento 18,7% maior que o mesmo período do ano anterior. Um cenário bastante positivo considerando o impacto que a pandemia teve em todos os segmentos.

Ainda segundo o levantamento, até o terceiro trimestre deste ano, o faturamento acumulado de 12 meses foi de R$ 204,351 bilhões, sendo que no quarto trimestre do ano passado o acumulado era de R$ 182,381 bilhões. O crescimento anual da receita já registra 15%, o maior índice desde que o estudo é realizado.

Esse aumento também é observado na abertura de novas franquias, marcando a ampliação para 5,6% de novas operações, um avanço de 2,1% em relação a 2021, demonstrando, assim, que o mercado está aquecido e é uma opção para aqueles que buscam empreender. Hotelaria e turismo é o segmento que registrou o maior crescimento dentro do setor, com uma variação de 56,8% em relação a 2021.

Para Marcus Kuntze Calixto, Founder da  Beelieve, empresa no ramo de Marketing Digital, apesar do otimismo que os números apresentam, o mercado de franquias é formado de diferentes segmentos, perfis de empresas, tamanhos, localizações e tipos de produtos e serviços, então é preciso ter cautela, pois analisar a maturidade de cada setor separadamente pode ser complicado. “Boa parte dos segmentos no Brasil utilizam o franchising como estratégia de expansão de seus negócios, o Brasil ainda tem muitas regiões em potencial para serem desenvolvidas e há espaço para novas redes em diferentes mercados”, aponta.

Essa evolução das franquias também afeta o mercado de trabalho brasileiro, de acordo com a pesquisa da ABF, junto com o impulsionamento no número de franquias no 3º trimestre, o setor já soma aproximadamente 1,58 milhões de empregos diretos. Na opinião de Marcus Kuntze Calixto, as franquias têm um papel relevante no Brasil e estão conseguindo absorver e integrar os profissionais que buscam uma oportunidade, não só de empreender, como também de retornar ao mercado de trabalho.

“Esse é um ramo que cresceu muito e tem projeções otimistas, o que pode ser um atrativo. Para aqueles que pretendem conhecer e seguir nesse mercado, de forma assertiva, é importante seguir as trilhas ligadas à gestão, liderança e capacitação, que precisam ser percorridas por todos”, finaliza Marcus.

Para mais informações, basta acessar: https://beelieve.ag/franquias

Compartilhe.

Comments are closed.