O outono chegou ao hemisfério sul no dia 20 de março e, com ele, as temperaturas mais amenas, que são um convite para ficar mais tempo em ambientes internos. “É neste momento que grande parte das pessoas se lembra do calor e do aconchego que um tapete oferece, seja na sala de estar, no quarto ou no escritório, trabalhando em casa”, afirma Vinicius Finavaro, responsável pela SP Serviços, lavanderia de tapetes profissional.

Finavaro afirma que é necessário cautela no momento de retirar aquele tapete que estava guardado há algum tempo, e que agora deve passar por uma boa limpeza antes de voltar a ocupar os ambientes da casa.

“A lavagem periódica de tapetes, especialmente após um longo período guardados, é essencial para a retirada de ácaros e eliminação de bactérias e fungos, já que estes, devido a sua composição, facilitam a procriação de diversas pragas”, esclarece.

O especialista destaca que um tapete não lavado e guardado por muito tempo pode apresentar mofo e concentrar uma grande quantidade de pragas que podem, por sua vez, trazer uma série de problemas à saúde dos moradores. Com efeito, um estudo realizado pela WAO (World Allergy Organization – Organização Mundial da Alergia, na tradução para o português) demonstra que 40% dos casos de rinite alérgica estão relacionados ao mofo.

As doenças respiratórias, por sua vez, atingem 25% das pessoas em todo o mundo, conforme informações da FBH (Federação Brasileira dos Hospitais) reafirmados pela OMS (Organização Mundial de Saúde) em julho de 2021. Apenas no Brasil, 3 a cada 10 pessoas (30%) convivem com alergias, sendo que a rinite alérgica atinge 25% dos brasileiros.

“Além de problemas respiratórios e alérgicos, os tapetes costumam abrigar pragas como pulgas e carrapatos – que podem afligir os pets da família -, além de armazenar alimentos para diversas outras pragas”, afirma Finavaro.

Os brasileiros têm cerca de 139,3 milhões de animais de estimação, como cães, gatos e peixes, entre outros, segundo estimativas da Abinpet (Associação Brasileira da Indústria de Produtos para Animais de Estimação).

De acordo com o responsável pela SP Serviços, a limpeza de tapetes deve ser feita sempre respeitando a composição do tapete, pois cada material tem um cuidado e um processo correto de higienização.

“Se a limpeza do tapete não for feita da forma correta, esse item pode desbotar, soltar tinta e sofrer outros danos irreversíveis”, afirma. “Por isso, só uma empresa especializada, com profissionais bem treinados, pode empregar o método correto para cada tapete, o que pode variar entre diversos processos, com abundância de água ou mesmo a seco”, conclui.

Para mais informações, basta acessar: https://splavagemeimpermeabilizacao.com/