Warning: Attempt to read property "display_name" on bool in /home/matogrossototal.com/public_html/wp-content/plugins/wordpress-seo/src/generators/schema/article.php on line 52

Os frigoríficos são ambientes criados para preservar a qualidade e sanidade de materiais sensíveis, que precisam de temperaturas controladas para se manterem utilizáveis. Mas, para que estes produtos sejam armazenados com segurança, é preciso ter atenção com as boas práticas na limpeza de frigoríficos. O cuidado é necessário, em especial, nos segmentos de agropecuária e alimentício.

De acordo com o Ministério da Saúde, existem mais de 250 tipos de doenças de transmissão hídrica e alimentar (DTHA) conhecidas pela humanidade. Ou seja, na ocorrência de ingestão de alimentos contaminados, a saúde é afetada por mal-estar, náuseas, vômito, diarreia, desconforto abdominal ou até chegar a óbito.

Assim, em respeito às normas de vigilância sanitária, o setor de alimentos é instruído a seguir um Manual de Boas Práticas para Manipulação de Alimentos. Segundo Jefferson Heinz, CEO da fabricante de escovas para higienização Weinberger, as boas práticas são fundamentais para a manter a qualidade dos estabelecimentos e ajudar na escolha correta dos produtos destinados a cada processo.

“A sujeira acumulada favorece a multiplicação de micróbios. Por isso, o manejo de alimentos em ambientes que não passaram por uma limpeza adequada é uma das formas mais comuns de contaminação”, diz o especialista. Entre as boas práticas na limpeza de frigoríficos, é importante manter em bom estado superfícies (sem rachaduras ou trincas) que têm contato direto com alimentos.

Processo de higienização

A higienização completa necessita ser conduzida em quatro passos, que são: pré-limpeza, limpeza com detergentes, nova lavagem e enxágue e sanitização. Com esse padrão, fica o alerta de que a lavagem com cloro não é suficiente para a limpeza deste tipo de ambiente.

No entanto, para que este processo rigoroso de higienização seja realizado com máxima eficácia, é preciso o emprego de equipamento técnico específico. “A escovação é um dos procedimentos mais indicados para manutenção dos materiais e utensílios ligados ao setor de alimentos, pois possibilita uma limpeza profunda e minuciosa dos itens utilizados”, afirma Heinz.

Escovas industriais

Para atender às necessidades do mercado, são disponibilizadas escovas para os mais diversos tipos de superfícies e materiais. Na indústria alimentícia, há escovas para limpeza de tubos, para bicos de máquinas, para lavar garrafas, entre outras. Pensando na agropecuária, foram desenvolvidas escovas para teteira, para balde de leite, em formato cilíndrico para lavar mangueira, e mais.

Compartilhe.

Comments are closed.