O INDSH, especializado em gestão hospitalar, lança no próximo dia 4 de abril a campanha ‘Corrida Ambiental’, com 65 passos sobre gestão sustentável, em uma ação de Sustentabilidade voltada para onze unidades de saúde sob sua administração, entre hospitais, UPAs e Centros de Reabilitação.

Abordam, de forma geral, quatro temas específicos: questões climáticas, gerenciamento de resíduos, educação ambiental e estímulo à biodiversidade.

“O projeto foi batizado de ‘Guardião Azul’, uma alusão ao planeta Terra”, explica Márcia Mariani, CEO do Serviço de Inteligência Ambiental (SIA), empresa que fará a assessoria técnica e validação das ações.  “De acordo com as etapas cumpridas, os hospitais receberão selos bronze, prata ou ouro”, detalha.

Um exemplo: criar a Comissão de Meio Ambiente conta um ponto na corrida e a unidade avança ‘uma casa’, para o próximo passo, que é a adoção de garrafas ou copos não descartáveis. Realizada essa segunda etapa, nova etapa. E assim por diante. Em resumo, a campanha funciona basicamente como aqueles tradicionais jogos de tabuleiro, que a maioria das crianças e adultos já jogaram.

A campanha pretende elevar o patamar da gestão sustentável na Saúde, no âmbito de hospitais que atendem exclusivamente pelo Sistema Único de Saúde (SUS), e ser uma das maiores iniciativas ambientais da área hospitalar já promovidas no país. As unidades envolvidas no projeto atingem cerca de cinco milhões de pacientes potenciais no total, no Pará, Amazonas, Minas Gerais e Santa Catarina.