Warning: Attempt to read property "display_name" on bool in /home/matogrossototal.com/public_html/wp-content/plugins/wordpress-seo/src/generators/schema/article.php on line 52

Em novembro, o Hurb marcou presença na Web Summit, uma das maiores conferências mundiais em tecnologia. A plataforma de viagens online brasileira realizou um experimento com inteligência artificial para revelar o destino dos sonhos dos visitantes do seu estande. A participação buscou projetar a marca como potência de inovação tecnológica no setor do turismo brasileiro a nível global.

Na conferência, o público foi convidado a descrever, em texto, seu destino utópico. Com a inteligência artificial Midjourney, o Hurb revelava esse destino. Essa é mais uma forma de materializar o conceito “unleash travel through imagination“, em português, liberte o viajar através da imaginação, que guia a comunicação da marca em eventos. A ideia para a ação surgiu como uma forma de materializar o passado e o futuro em um mesmo item, estabelecendo uma ponte entre o já conhecido e o novo.

“A Web Summit é uma vitrine importante para nos reforçar como uma empresa de tecnologia que desenvolve as próprias ferramentas digitais para atuação e expansão do negócio. Uma experiência de sucesso no evento impacta na forma como somos percebidos pelo mercado”, afirma o cofundador e CEO João Ricardo Mendes.

Com interface de realidade virtual, os visitantes do estande puderam também participar de uma experiência que passa por diferentes momentos da empresa, desde seu passado até o futuro. De início, contando mais sobre as origens do Hurb, enquanto o usuário dos óculos VR visualiza as primeiras imagens da ilha em 3D que representa a companhia. Em um segundo momento, foi apresentado o laboratório de inovação para refletir o presente, ressaltando a importância da experimentação em sua atuação. Por fim, o visitante pôde conhecer o estágio inicial do escritório virtual do Hurb, assim como o Arya – barco autônomo com sistema elétrico da companhia, que representa mais um meio para levar seus clientes a novos lugares.

Além de levar para casa seu postal personalizado, uma lembrança do encontro entre o digital e o analógico, o visitante pôde ganhar também um dos quatro pins do Hurb. Eles representam os escritórios físicos em diferentes países – Brasil, Portugal e Canadá –, além do futuro escritório virtual.

O espaço do Hurb no evento reforça que a produção e o uso de tecnologia na empresa não se resumem a ações pontuais, sendo na verdade parte intrínseca de sua atuação, que demanda esforço constante. Para a travel tech, o ímpeto da curiosidade em explorar novos conhecimentos é essencial para que a empresa esteja sempre à frente do mercado. Por isso, o Hurb conta com áreas exclusivamente voltadas para isso, como Novas Verticais e Loon Factory, que, além de explorar formas de aplicar ferramentas já existentes à operação e criar novos produtos e serviços, ajudam a consolidar a cultura de inovação na empresa.

Diretor de Novas Verticais, Allan Baptista explica mais sobre o setor: “Pesquisamos oportunidades que não são necessariamente originárias do turismo, mas impactam quem trabalha nele. Queremos atender ao ciclo de produtos e serviços, otimizando operações e desbloqueando valor para a cadeia e turistas”.

Para transmitir para o viajante o uso de novas tecnologias de forma simples, o Hurb disponibilizou um filtro no Instagram capaz de informar se uma mala de mão está ou não dentro do tamanho limite permitido pelas companhias aéreas. “Mostramos tecnologia não só como experiência, mas como ferramenta para o benefício do cliente, valorizando-a como um diferencial no mercado ao olhar do nosso consumidor final”, comenta o especialista em audiovisual Ian Reis. “Internamente, entendemos que essa ciência imersiva pode e deve ser explorada no Hurb, mas precisamos mostrar como aplicá-la para públicos externos também”, continua o colaborador.

Hoje, na plataforma de viagens online da empresa, a rede de hotéis parceiros consegue mostrar suas dependências com fotos 360º. É outra forma de expandir essa mensagem, tanto para o consumidor final quanto para outros clientes. Mais adiante, a empresa planeja digitalizar toda a gestão hoteleira, centralizando-a em um serviço único para fidelizar cada vez mais os parceiros. Assim, o Hurb contribui também para a profissionalização deles e no desenvolvimento dos destinos turísticos.

A presença da marca em eventos como a Web Summit e Collision, em junho deste ano, integra esse movimento para que ela seja percebida no Brasil e fora dele como uma travel tech. No evento, o CTO Carlos Rios realizou uma masterclass sobre o aumento do uso de novas tecnologias de OTAs (online travel agency) no Brasil e no mercado mundial, abordando o impacto delas no setor turístico. Além dele e dos demais colaboradores já citados, estiveram presentes na conferência Victor Kato, head da Loon Factory, a head de  PR & Education Ana Feliciano, uma das responsáveis pela estratégia de internacionalização da empresa,  e ainda mais membros destas áreas e dos times de Design, Growth e Novas Verticais.

O Hurb orgulhosamente fez parte dessa programação, que, desde 2009, soma mais de 2 mil startups, 900 palestrantes e 70 mil participantes de 60 países em seu portfólio. Os definidores da indústria tech estão na Web Summit, apontando tendências e lideranças na produção.

Compartilhe.

Comments are closed.