Warning: Attempt to read property "display_name" on bool in /home/matogrossototal.com/public_html/wp-content/plugins/wordpress-seo/src/generators/schema/article.php on line 52

A Senior Globaltec, desenvolvedora do ERP UAU, sistema de gestão focado na Indústria da Construção, foi convidada a participar do evento de sua parceira CERC, empresa especializada em registro de recebíveis. O evento online acontece no dia 26 de janeiro das 10h às 11h e reúne lideranças, gestores e investidores do mercado imobiliário e da construção civil para entender melhor sobre o registro de recebíveis imobiliários.

A resolução 5.055 do Banco Central dispõe sobre a obrigatoriedade das incorporadoras e loteadoras em realizar o registro de compra e venda, por meio de uma registradora autorizada pelo Banco Central do Brasil, a fim de obterem apoio à financiamento bancário.

A intenção da resolução 5.055, segundo o Banco Central, é que o mercado de incorporadoras utilize esse novo modelo como boas práticas para obterem financiamento de forma mais segura e transparente.

Para Paulo Franco, Product Manager da Senior Globaltec, o objetivo do evento é compartilhar as oportunidades que estão chegando com a nova resolução do Banco Central. “Com a resolução, os clientes obtêm muito mais transparência na gestão de seus recebíveis”, acrescenta.

Cenário de mercado

Em um momento em que as pessoas estão buscando mais conforto e tranquilidade, as vendas de imóveis em 2022 avançaram. Segundo a Associação Brasileira de Incorporadoras (ABRAINC) o setor de imóveis registrou alta de 18% em comparação ao ano passado. As projeções são favoráveis para as incorporadoras que visam aumentar os resultados com soluções integradas.

Segundo Cíntia Tertuliano, Head de Produto Senior Globaltec, o registro dos recebíveis imobiliários atualmente tem uma alta relevância no mercado imobiliário. “O registro possibilitará o aumento e a descentralização de oferta de crédito para o setor da construção civil”, completa.

De acordo com Juliana Aguiar, líder de Produtos Imobiliários da CERC, existe um enorme potencial no registro de Recebíveis Imobiliários em uma registradora. “O fluxo de dados centralizado viabiliza que financiadores tenham mais informações e consequentemente mais segurança sobre a regularidade do lastro, ampliando a oferta de crédito, sem contar a eficiência operacional”, finaliza.

Compartilhe.

Comments are closed.