Warning: Attempt to read property "display_name" on bool in /home/matogrossototal.com/public_html/wp-content/plugins/wordpress-seo/src/generators/schema/article.php on line 52

O Fruits Eco-Blockchain Project tem o prazer de anunciar a conclusão de uma auditoria de segurança do sistema de contrato do Fruits Blockchain conduzido pela Quantstamp, líder em segurança web3. O foco da auditoria foi verificar se o sistema de contrato inteligente é seguro, resiliente e está funcionando de acordo com suas especificações. As atividades de auditoria podem ser agrupadas nas três categorias a seguir:

Este comunicado de imprensa inclui multimédia. Veja o comunicado completo aqui: https://www.businesswire.com/news/home/20221120005095/pt/

Fruits Eco-Blockchain Project completes its security audit of their native blockchain conducted by Quantstamp (Graphic: Business Wire)

Segurança: identificação de questões relacionadasàsegurança dentro de cada contrato e dentro do sistema de contratos.

Arquitetura de som: avaliação da arquitetura deste sistema através da lente das melhores práticas estabelecidas de contratos inteligentes e melhores práticas gerais de software.

Correção e qualidade do código: uma revisão completa do código-fonte do contrato. As principais áreas de foco incluem:

  • Correção
  • Legibilidade
  • Seções de código com alta complexidade
  • Melhora da escalabilidade
  • Quantidade e qualidade da cobertura do teste

Estamos construindo um ecossistema sustentável para garantir que crianças e famílias que lutam com vários problemas se tornem autossuficientes e tenham acesso a serviços financeiros.

O que é Fruits

Download do aplicativo “Fruits Wallet”

O texto no idioma original deste anúncio é a versão oficial autorizada. As traduções são fornecidas apenas como uma facilidade e devem se referir ao texto no idioma original, que é a única versão do texto que tem efeito legal.

Contato:

Fruits Eco-Blockchain Project

Kensuke Yano/CTO (diretor técnico)

[email protected]

+65-8115-1213

Fonte: BUSINESS WIRE

Compartilhe.

Comments are closed.