Warning: Attempt to read property "display_name" on bool in /home/matogrossototal.com/public_html/wp-content/plugins/wordpress-seo/src/generators/schema/article.php on line 52

A crise financeira não é algo que assola apenas o trabalhador comum na realidade atual do Brasil. Empresários que já tiveram negócios de sucesso, seja em nível nacional ou regional, também estão passando por dificuldades para lidar com a alta dos juros e da inflação. O consumidor também sente o peso do aumento dos preços dos produtos, o que afeta diretamente a renda de milhões de famílias. Apesar desse cenário de pessimismo, várias empresas conseguiram se adequar ao atual momento devido ao planejamento financeiro.

O momento que o brasileiro se encontra não parece ventar a favor do empreendedorismo. A inflação acima dos dois dígitos é um dos fatores responsáveis por criar uma certa incerteza no mercado, influenciando um aumento no preço dos insumos e escassez de oferta. Mas não é apenas a inflação que foi responsável por trazer momentos de dificuldade, afinal esse é um fenômeno mundial.

O Brasil é o país com a 3ª maior taxa de juros do mundo, apenas atrás da Argentina e da Turquia. Na última reunião do Copom (Comitê de Política Monetária), a Selic – taxa básica de juros da economia brasileira – alcançou o patamar de 13,75% ao ano. Esse panorama acaba por colocar pressão nos empresários para que façam cortes nos gastos, como demitir funcionários para colocar as contas em dia.

As previsões para o futuro próximo também não são positivas. De acordo com especialistas da área financeira, ainda se espera que a inflação continue em alta pelo resto do ano, o que acaba levando o empresário médio brasileiro a ter que pensar em novos métodos e soluções para manter seu negócio vivo.

Prosperar mesmo na adversidade

Apesar de vários fatores estarem dificultando o empreendedorismo no país, o número de novas empresas não para de crescer. Em 2021, o Brasil bateu o recorde de abertura de novos negócios, com mais de 600 mil novas microempresas e 3 milhões de cadastros no Microempreendedor Individual (MEI). De Acordo com dados da Global Entrepreneurship Monitor (GEM), o Brasil ocupou 5º lugar no ranking de empreendedorismo no ano passado.

Lucas Leandro, diretor comercial da Nosso Soluções, explica que é fundamental para qualquer negócio montar um plano financeiro sólido para prosperar. “Qualquer um que quiser se manter no mercado tem que realizar estudos, fazer projeções e ser criativo na resolução de problemas”, afirma.

Compartilhe.

Comments are closed.