Já são quase quatro anos desde a última edição presencial da Expolux, Feira Internacional da Indústria da Iluminação, idealizada pela Associação Brasileira da Indústria da Iluminação (Abilux) e organizada pela RX (Reed Exhibitions). Bienal, o evento precisou reorganizar o seu calendário por conta da pandemia. Neste intervalo, o mundo mudou e as necessidades das pessoas e do mercado também, o que ajudou a moldar a retomada. Entre as novidades, o novo formato de uma atração já conhecida e a estreia de uma área inédita voltada para iluminação pública. 

O Decor Prime Show, que já era uma das atrações mais procuradas na Expolux, agora é Decor Prime Show Gallery. O espaço terá cerca de 300 metros quadrados e reunirá luminárias criadas por designers renomados, expositores e profissionais independentes, indicando as principais tendências com foco em diversos tipos de aplicações. A diferença para as edições anteriores é a forma de apresentar peças inovadoras, que seguirá o modelo de “mostra”, valorizando a criatividade. 

“A ideia é que o público viva a experiência de uma galeria de arte, que contemple os designs, linhas e propostas que estamos selecionando, mas também perceba claramente o papel da iluminação como elemento de decoração, algo que vem sendo cada vez mais destacado neste novo olhar que as casas e os ambientes comerciais ganharam nos últimos tempos”, explica Ivan Romão, gerente da Expolux. 

Além dessa experiência, engenheiros, projetistas, técnicos, instaladores, arquitetos, lighting designers e designers de interiores contarão com palestras de especialistas e um espaço para networking entre profissionais, expositores e visitantes no Decor Prime Show Gallery.

Área Inédita

A volta para o pavilhão ainda será marcada pela estreia da Cidade do Futuro. Pela primeira vez, o evento contará com uma área de aproximadamente 250 metros quadrados para apresentação, na prática e como o próprio nome entrega, de novos conceitos e soluções para áreas urbanas que precisam avançar em iluminação pública, algo que vai muito além da troca de lâmpadas. 

“Aqui, prefeitos, secretários, gestores municipais e engenheiros que trabalham para órgãos públicos, que são, na ponta, os tomadores de decisão pelo parque de iluminação nas cidades, poderão ter uma visão muito mais completa do que o mercado oferece não só no sentido de economia de energia, mas de alternativas mais eficientes, sustentáveis e de conectividade, já que postes e luminárias podem ser pontos estratégicos para a captação ou distribuição de diferentes tipos de sinais”, completa o executivo.

O público ainda poderá conferir alguns “speed talks” e apresentações das empresas responsáveis pelas soluções técnicas que farão parte do espaço. O tema macro, mais do que atual com as discussões sobre crise energética e necessidades sustentáveis, ainda será discutido com amplitude no Fórum Brasileiro de Iluminação Pública, também realizado dentro da Expolux.

Perspectivas

Marcada para acontecer entre os dias 2 e 5 de agosto no Expo Center Norte, em São Paulo, a 17ª edição da Expolux é muito aguardada pelos profissionais da iluminação por conta da apresentação de lançamentos e por oferecer uma grade de conteúdos especializados e estratégicos para direcionamento de mercado. Para este ano, são esperadas cerca de 200 marcas expositoras e 25 mil visitantes em uma área de 36 mil metros quadrados.

“Será um evento seguro, de acordo com todos os protocolos de saúde vigentes, e que chega com a missão de reconectar o setor em um momento aquecido. Temos certeza de que os resultados serão extremamente positivos para quem expõe e para quem visita”, finaliza Ivan Romão.

Serviço

17ª Expolux

Data: 2 a 5 de agosto

Local: Expo Center Norte – São Paulo

Informações: www.expolux.com.br