Warning: Attempt to read property "display_name" on bool in /home/matogrossototal.com/public_html/wp-content/plugins/wordpress-seo/src/generators/schema/article.php on line 52

A Expo ISP, evento focado no mercado de Internet e Telecom, encerrou sua 2ª edição nacional em São Paulo reunindo quase 10 mil profissionais e fomentando a equidade de gênero no setor, por meio do Espaço Mulher, dedicado a palestrantes do sexo feminino que abordaram temas como tecnologia, questões regulatórias, vendas, comunicação e o desafio de ser mulher nesse mercado.

“Depois de passar por tantos desafios em dez anos de carreira, por ser engenheira e quase sempre a única mulher na minha área, falar nesse evento, para tantas outras mulheres, foi muito gratificante”, destacou Dannthara Galhardo, engenheira especialista em rede ótica.

Já Ana Paula Oliveira, que também teve uma trajetória árdua como engenheira e foi palestrante no evento, destaca que começou estudando em um colégio técnico, no segmento de eletrônica, onde havia só ela e mais uma menina na classe. Na sequência, fez faculdade de Engenharia Elétrica, vivenciando a mesma disparidade. E depois, na pós-graduação em Telecom, em sua turma havia apenas quatro mulheres.

“Trabalhei em uma empresa estrangeira onde sentia o preconceito por conta do gênero o tempo todo. Hoje trabalho em uma companhia com uma mentalidade totalmente diferente, com várias lideranças femininas, onde sou líder de uma equipe de seis homens. Meu objetivo é ter uma equipe 100% feminina um dia”, destaca ela, que é especialista em Telecom e líder de Implantação de Eletrônicos da Fibrasil.

Além deste tema, outros assuntos foram pauta na edição nacional do ExpoISP em São Paulo, como 5G, Wi-Fi 6E, questões tributárias, compartilhamento de postes, fusões e aquisições no setor, entre outros.

“A Expo ISP reuniu fornecedores, prestadores de serviço, operadoras e palestrantes de alta qualidade, sendo uma ocasião propícia para networking e expansão de conhecimento”, afirmou José Luiz Pelosini, vice-presidente da Americanet.

Ainda segundo ele, o 5G, um dos temas que teve grande espaço no evento, já está presente nas principais capitais do país, mas praticamente ainda não há aplicações para que o usuário final utilize tal tecnologia como deveria.

“O 5G vai permitir a chegada, através da baixa latência, da realidade aumentada, da realidade virtual e do metaverso, a aplicações cada vez mais úteis e presentes no dia a dia. Hoje, estamos trabalhando fortemente para preparar esta rede para a quantidade de volume e de tráfego que isso vai gerar”, explicou Pelosini.

Já Basílio Perez, conselheiro da Abrint (Associação Brasileira de Provedores de Internet e Telecomunicações) e presidente do LAC-ISP, ressaltou que é de extrema importância que os provedores procurem se informar e se atualizar a todo o momento, para se manterem competitivos. “Um evento como o Expo ISP foi ótimo para isso, com palestras sobre temas fundamentais, que foram relevantes no sentido da aquisição de conhecimento, de saber o que está chegando a este mercado tão dinâmico”, avaliou 

Para Rafael Rachid, engenheiro de Telecom da MaxPrint e especialista em treinamento de GPON, esta foi a terceira participação em uma edição da ExpoISP, incluindo regionais e nacionais, e rendeu conhecimento para ter mais clareza a respeito das melhores práticas do mercado e do que vem pela frente.

Sobre o 5G, o profissional, que tem mais de 25 anos de experiência, destacou que traz desafios, mas também grandes oportunidades. “Não vai acabar com provedor nenhum, contanto que estas empresas sigam as boas práticas. Os provedores que têm redes bem-feitas, projetos, tudo documentado e com nota poderão ganhar muito dinheiro com a chegada da nova tecnologia, sem precisar mais competir por preço”, projetou.

A próxima edição nacional do evento acontecerá em Olinda-PE, de 10 a 12 de maio de 2023. Para São Paulo, a data do ano que vem está agendada para 28, 29 e 30 de novembro. Mais informações: www.expoispbrasil.com.br.

Compartilhe.

Comments are closed.