Com a ausência de restrições no comércio, as altas taxas de vacinação e a queda de casos de Covid-19, a expectativa do varejo é que a Páscoa de 2022 aumente as vendas de ovos, tabletes e bombons. 

A CNC (Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo) espera um faturamento superior aos anos anteriores. Aliás, a expectativa é que o comércio eletrônico tenha ainda mais destaque nas vendas. 

De acordo com um levantamento feito pela Neotrust, empresa, que faz parte do T.group e responsável pelo monitoramento de mais de 85% do e-commerce brasileiro, em 2021, o faturamento do setor teve um crescimento de 15 vezes a mais em comparação com 2019, ou seja, um ano antes de pandemia do novo coronavírus, quando atingiu quase R$ 2,3 bilhões.

Segundo a  CNC, a estimativa é que a Páscoa de 2022 tenha uma alta de cerca de 1,9% no volume de vendas do varejo, já descontando a inflação. 

Além disso, uma pesquisa do Instituto Behup feita para a Globo demonstrou que 76% dos brasileiros pretendem comemorar a data, um percentual acima do número de pessoas que celebrou a Páscoa no ano passado. 

Ainda de acordo com a pesquisa, 39% das pessoas pretendem se reunir na casa de familiares ou amigos para um almoço, estimulando, inclusive, a venda de outros produtos, além do chocolate. 

Isso é o que prevê o CEO da floricultura online, Uniflores, Douglas Pedrosa, que espera um aumento nas vendas de flores, cestas de chocolate e outros produtos durante a Páscoa. “Em dias normais e em outras datas comerciais, nossos clientes já escolhem presentes como cestas e flores acompanhados por chocolates e bombons em cerca de 35% das vendas. Por isso, temos perspectiva de que as vendas desses produtos sejam significativas nesta Páscoa, como prevê a pesquisa”, pontua.

Para Pedrosa, a Páscoa é um feriado tipicamente familiar e, segundo ele, muitas pessoas não conseguem estar com pessoas queridas, o que estimula o envio de presentes nesta data pela internet. 

“Muitas pessoas estão distantes de alguns de seus entes queridos nestes momentos tão especiais e enviar sua mensagem de carinho por meio das flores e chocolates é uma forma de se fazer presente. Na Páscoa vendemos de quatro a cinco vezes mais do que em um final de semana normal. Diante disso, acreditamos que em 2022 será ainda melhor”, comenta.