O domínio de uma segunda língua é um diferencial no mundo globalizado. Além de ampliar as oportunidades profissionais, estudar um novo idioma pode contribuir para o desenvolvimento cognitivo, cultural e social das crianças. Nesse sentido, o aprendizado ainda na infância pode ser um grande investimento para o futuro.

Desde 2013 a ciência investiga e atesta os motivos pelos quais crianças possuem facilidade em aprender outros idiomas. Uma matéria da BBC, publicada no ano citado, deixou isso evidente a partir da análise de um estudo desenvolvido por cientistas do Kings College, em Londres, e da Brown University, em Rhode Island. Na pesquisa, eles preveem que qualquer influência ambiental sobre o desenvolvimento do cérebro será mais forte na infância. Durante essa fase, o processo de aprendizado é mais natural, intuitivo e eficiente.

Segundo Amanda Attas Chaud, Coordenadora de Desenvolvimento da disciplina de Inglês no Kumon, a exposição desde cedo a um segundo idioma pode ajudar no desenvolvimento de habilidades como memória, atenção, criatividade e flexibilidade cognitiva. “Além disso, os alunos que incluem a disciplina de inglês desde cedo têm um desempenho superior em testes de proficiência em língua estrangeira e são capazes de ler e escrever com fluência e naturalidade”, conta.

A coordenadora, que é formada em Letras, com especialização em Neuropsicopedagogia, elencou algumas dicas que podem ajudar as crianças a aprender inglês com mais facilidade, abrindo portas para o futuro.

  • Começar cedo: a infância é o período ideal para a aquisição de novas línguas, portanto, quanto mais cedo a criança começar a aprender inglês, melhor.
  • Criar um ambiente de imersão: é importante que a criança esteja exposta ao idioma de maneira constante, seja por meio de filmes, músicas, jogos, livros ou conversas com quem já fala a língua em casa. Isso ajuda a desenvolver a compreensão oral e a familiaridade com a língua.
  • Fazer da aprendizagem um momento divertido: as crianças aprendem melhor quando estão brincando, portanto, é importante tornar o processo de aprendizagem de inglês uma atividade prazerosa e estimulante, com jogos, brincadeiras e atividades lúdicas.
  • Estabelecer metas e prêmios: as crianças tendem a se sentir motivadas quando têm objetivos claros e são recompensadas por seu esforço. Por isso, é importante definir metas realistas e recompensar a criança quando atingi-las promovendo experiências e momentos juntos em família, como um passeio no parque, por exemplo.
  • Ter paciência e ser encorajador: aprender uma nova língua pode ser um processo desafiador, e é importante que os pais tenham paciência e incentivem a criança a persistir e a não desistir diante das dificuldades.
  • Utilizar métodos eficazes: existem diversos métodos de ensino de inglês, e é importante escolher um que seja eficaz e adequado ao perfil e ritmo de aprendizagem da criança.

O Kumon é um método de estudo individualizado que se adapta ao ritmo e a capacidade de cada criança, tornando o processo de aprendizagem mais eficiente e personalizado. Desde cedo, as crianças já podem iniciar o estudo, que contempla atividades que desenvolvem gradualmente as habilidades de leitura, escrita e compreensão auditiva e pronúncia.

Compartilhe.

Comments are closed.