Warning: Attempt to read property "display_name" on bool in /home/matogrossototal.com/public_html/wp-content/plugins/wordpress-seo/src/generators/schema/article.php on line 52

A cozinha é um dos espaços mais utilizados da casa e é na pia – onde toda parte de higienização dos alimentos e louças acontece – o cuidado é crucial. A peça, geralmente em aço inox, pede um cuidado especial de limpeza no dia a dia, já que a cuba de cozinha não pode acumular sujeiras, germes e bactérias que colocam em risco a saúde e bem-estar das pessoas.

Para garantir a saudabilidade, Ronaldo Ruas – Especialista de processos Deca, explica que o primeiro passo é esvaziar toda a área antes de dar início à limpeza final, deixando-a livre de louças e alimentos ou quaisquer objetos e restos de comida que tenham caído dentro da cuba.

“É hora de verificar também o ralo e deixá-lo sem nenhuma obstrução”, explica. O segundo passo é usar uma esponja macia para limpar todos os cantinhos. “É preciso passar a parte macia da esponja, geralmente amarela, pelas emendas e recortes, onde normalmente há acúmulo de restos de alimentos que acabamos não enxergando”.

As torneiras, a cuba, o ralo e as laterais precisam de toda atenção, mas limpar apenas a parte interna da pia não resolve. “De tempos em tempos é necessário limpar também o sifão, além de esporadicamente jogar 500ml de água fervente para ajudar a desidratar a gordura que pode conter no ralo e que, muitas vezes, segura outros elementos, impedindo o fluxo de água”.

Encerrado esse processo, é hora de limpar toda a bancada e para um resultado efetivo, o detergente é um aliado que remove a sujeira e a gordura impregnadas na pia da cozinha.

Ruas, lembra ainda que é preciso ter atenção, pois cada tipo de cuba pede um tipo de material de limpeza. “A maior parte dos tipos de pias de cozinha pode ser limpa com os mesmos produtos, mas vale estar atento e sempre executar um bom enxágue para remover o excesso de produtos”.

Nas pias de aço inoxidável e porcelana, a limpeza será com um detergente de louça, de preferência neutro. Para dar brilho à pia, pode-se usar um produto específico para esse material, usando uma flanela limpa e seca, espalhando o limpador de inox sempre nos sentidos das ranhuras da pia, como se estivesse fazendo um polimento, dando à cuba aparência de nova.

“Nas pias com acabamento em PVD (cobre e estanho), não indicamos o uso de produtos para polimento, somente o detergente neutro”, afirma.

Nas cubas de cobre, comuns em cozinhas antigas, é preciso passar uma esponja com detergente neutro e retirar com água em abundância. O cobre, por sua natureza, elimina os germes sozinho. Já as cubas de pedra são mais porosas e pedem um cuidado maior com a limpeza. O melhor é lavar todos os dias após o uso, com a esponja e o detergente, além de passar uma escova nas partes mais porosas e apostar em produtos com cloro ativo, evitando que bactérias se acumulem na pedra.

Outra dica do especialista é sobre o uso de abrasivos. “O material de limpeza precisa ser sempre suave. Os materiais abrasivos causam danos irreversíveis à superfície, e, portanto, não recomendamos o uso de palhas de aço e produtos corrosivos, por exemplo, que causam desgastes, arranhões e provocam manchas na superfície”.

As dicas não param por aí: Após deixar a pia limpa, retirar o excesso de água usando um pequeno rodo, apropriado para pias ajuda a mantê-la livre de germes e bactérias. A esponja e os panos também devem ser lavados e torcidos, até ficarem praticamente secos.

“Esponjas precisam ser trocadas a cada 7 ou 15 dias e esse é um cuidado básico. Limpar o armário embaixo da pia, onde geralmente se guardam as panelas, formas e frigideiras também é importante na rotina semanal de uma cuba de cozinha bonita e saudável”, finaliza.

Compartilhe.

Comments are closed.