Warning: Attempt to read property "display_name" on bool in /home/matogrossototal.com/public_html/wp-content/plugins/wordpress-seo/src/generators/schema/article.php on line 52

Neste período do ano, milhões de estudantes em todo o país estão se preparando para prestar o vestibular e ingressar na faculdade. De acordo com dados da Associação Brasileira de Estágios (ABRAES), em 2020, 20 milhões de candidatos foram inscritos para vestibulares em cursos presenciais e a distância.  A formação e o sucesso na escolha de uma profissão dependem, além de passar no vestibular, de escolher bem a faculdade que vai cursar.  

Mas de nada basta a universidade perfeita se o aluno não fizer sua parte. Um diploma em uma ótima universidade não é válido se este profissional não estudou o suficiente para colocar sua profissão em prática. Mas a escolha pode ser guiada pelos interesses do aluno, há a necessidade de o interessado fazer uma breve pesquisa para se informar sobre a qualificação da faculdade que é feita pelo MEC, analisar a estrutura da faculdade, verificar a localização, principalmente em grandes centros e avaliar o custo-benefício da escolha.  

Para ir mais a fundo sobre a instituição, o candidato pode conversar com alunos sobre o ambiente na faculdade, o quadro de docentes e o diferencial que a instituição oferece. Um sistema de avaliação complexo, mas que pode garantir o acerto na hora de definir o curso, a instituição e ser o diferencial da formação e da carreira.   

O Professor Angelo Yasui, pró-reitor do Centro Universitário UniPaulistana, observa que é importante que o estudante do ensino médio saiba que há três tipos de cursos de graduação: bacharelado, licenciatura e tecnológico. “O interessado em geral já tem formulado a sua escolha, conforme sua aptidão, mas é preciso avaliar previamente para fazer a opção certa pelo curso e pela instituição”. 

Ele detalhou cada uma das áreas: no bacharelado, o estudante opta por uma formação mais técnica que abre portas de forma mais ampla no mercado de trabalho; a opção pela licenciatura encaminha para o exercício da docência no mercado da educação, como professores de ensino infantil, fundamental ou médio. E os cursos tecnológicos são de formação mais rápida que preparam profissionais para áreas específicas.  

Compartilhe.

Comments are closed.