Warning: Attempt to read property "display_name" on bool in /home/matogrossototal.com/public_html/wp-content/plugins/wordpress-seo/src/generators/schema/article.php on line 52

O Sistema Gabarito de ensino, em linha com o que preconiza a UNESCO (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura), procura reforçar uma concepção de infância que compreende a criança como agente construtora de conhecimento, de cultura, um ser potente, criativo, ativo e protagonista em seu processo de aprendizagem, tendo como eixo norteador da proposta pedagógica o trabalho com Projetos, uma metodologia centrada na resolução de problemas.

De acordo com a Diretora Pedagógica da Educação Infantil do Colégio Gabarito, Cecília Garcia Coelho Cardoso, a teoria que fundamenta a prática dos professores é a sociointeracionista, na qual o papel do professor é organizar de forma adequada o processo de aprendizagem das crianças, compreendendo que a aprendizagem acontece por meio da interação com outras pessoas, em um processo histórico, cultural e social. “Na Educação Infantil, trabalhamos com os contextos investigativos como possibilidade de investigação, de interação, de diálogo e de proporcionar o desenvolvimento integral das crianças, por meio de experiências protagonizadas por elas mesmas”, afirma a diretora.

A educação da primeira infância é um momento importante na vida das crianças, porque é quando elas aprendem a interagir com outras pessoas, incluindo colegas, professores e pais, e, também, começam a desenvolver interesses que as acompanharão por toda a vida. “A parceria entre família e escola é importante para o desenvolvimento da criança, seja no âmbito pessoal, social e educacional. Quando os pais são participantes ativos no ambiente escolar e na rotina do seu filho, a criança se sente apoiada e ganha mais segurança, além de ficar mais motivada para aprender”, diz Cecília. “Sabemos que o início da vida escolar da criança é marcado por um período de adaptação que demanda tempo de acolhimento, socialização e aprendizado, para que ela se sinta segura e parte integrante da comunidade educativa. Para tanto, a construção dos vínculos precisa acontecer a partir do convívio social com outras crianças e educadores, bem como por meio de atividades lúdicas que possam privilegiar essa interação”, reforça a diretora.

A Educação Infantil é um momento em que as crianças aprendem habilidades sociais e emocionais críticas, e uma parceria é formada entre a criança, seus pais e o professor. Quando isso é feito com sucesso, estabelece as bases para que continue ao longo da educação da criança. “As competências socioemocionais se manifestam pelo modo como sentimos, pensamos e nos comportamos na vida. Desenvolvê-las na Educação Infantil é fundamental para auxiliar a criança a fazer escolhas responsáveis, a resolver situações problemas, a trabalhar em grupo, a enfrentar situações difíceis de maneira assertiva, criativa e construtiva”, informa Cecília.

Compartilhe.

Comments are closed.