Warning: Attempt to read property "display_name" on bool in /home/matogrossototal.com/public_html/wp-content/plugins/wordpress-seo/src/generators/schema/article.php on line 52

De janeiro a outubro de 2022, o Parque Nacional do Iguaçu, em Foz do Iguaçu (PR), recebeu mais de 1 milhão de turistas, segundo dados da organização. O local abriga as Cataratas do Iguaçu, que foram eleitas como uma das Sete Maravilhas da Natureza, e ganharam destaque como a sétima principal atração turística do planeta pelo “Travelers’ Choice 2022 – Best of the Best”, do site de viagens TripAdvisor.

Com o feito, as Cataratas conquistaram a primeira posição na América do Sul e ficaram à frente da Torre Eiffel, em Paris, e o Central Park, em Nova York, alguns dos pontos turísticos mais visitados do mundo.

Aliás, o turismo é a atividade que mais gera empregos e a principal fonte de arrecadação do município, conforme noticiado pelo site do Del Rey Quality Hotel, com base em dados da prefeitura. A cidade da tríplice fronteira com Argentina e Paraguai é um dos destinos preferidos dos turistas. Nos primeiros seis meses deste ano, o Parque Nacional do Iguaçu já tinha registrado mais de 550 mil visitantes.

Impulsionado por Foz, o setor de turismo no Paraná cresceu 37,9% no primeiro semestre de 2022 no comparativo com o mesmo período do ano passado. Em junho, a alta foi de 31,4%, quando comparado com o mesmo mês de 2021. Essa é quinta melhor colocação do país, à frente de destinos como Bahia (25,7%), Pernambuco (9,9%) e Rio de Janeiro (7,6%), segundo um balanço do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

“A marca de 1 milhão de turistas atingida pelas Cataratas do Iguaçu em 2022 é um número expressivo para a retomada do turismo, que deve chegar até o final de dezembro próximo a mais de 1,5 milhões de turistas”, afirma Jaime Mendes, sócio-proprietário do Del Rey Quality Hotel e vice-presidente do Visit Iguassu.

Para Mendes, a marca simboliza esperança para os empresários da cidade. “Foram dois anos difíceis, sem saber o que iria acontecer”, pontua.

Cidade se prepara para receber 4 milhões de turistas ao ano

De acordo com Mendes, o setor de hotelaria e turismo de Foz do Iguaçu já se organiza para comportar um crescimento ainda maior no número de turistas nas Cataratas: “Foz do Iguaçu  é um destino consolidado, temos um parque hoteleiro grande, novos hotéis estão chegando e atrativos inéditos já estão em atividade na cidade”.

Ele destaca que o trade turístico segue um planejamento anual para desenvolver suas ações e organizar toda a cadeia produtiva. “Ainda não alcançamos os números de 2019, quando recebemos mais de 2,5 milhões de visitantes. A meta é que nos próximos quatro anos as Cataratas alcancem a marca de 4 milhões de turistas ao ano”, afirma.

Marca impulsiona a geração de empregos ligadas ao turismo

Das novas oportunidades de trabalho criadas em Foz do Iguaçu no mês de agosto, mais de 60% estão ligadas ao turismo, segundo dados do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), que informa que o município tem um estoque de 59.520 postos de trabalho formal.

De janeiro a agosto, a cidade registrou 2.214 novos postos com registro em carteira. Agosto registrou o segundo melhor desempenho do ano na criação de empregos em Foz do Iguaçu: foram abertas 682 oportunidades de trabalho formal no período, ante 706 registradas em fevereiro. Do total de novas oportunidades de trabalho na cidade, mais de 400 foram em atividades que englobam o turismo. 

Em uma publicação do site da administração municipal, o prefeito Chico Brasileiro (PSD) destacou que “os resultados positivos revelados pelo Caged confirmam a força do turismo em toda a cadeia produtiva do destino”. 

Segundo Brasileiro, o bom movimento nos atrativos turísticos da cidade do Oeste do Paraná contribui para o aumento no número de hospedagens, gastronomia, entretenimento e comércio. “Foz do Iguaçu está pronta para uma alta temporada histórica no verão 2022/2023, se aproximando do período pré-pandemia”, afirma. 

Para mais informações, basta acessar: https://www.hoteldelreyfoz.com.br/

Compartilhe.

Comments are closed.