Com o fim do estado de emergência em Saúde Pública, que passou a valer no último dia 22 de maio, e a flexibilização das regras relacionadas ao combate do novo coronavírus no país, os brasileiros têm um motivo a mais para voltarem a sonhar com as viagens de lua de mel. Mas uma pesquisa lançada em maio deste ano pela marketplace Casamentos.com.br, indica que – assim como a volta das festas de casamentos – o retorno das luas de mel também já está, pouco a pouco, acontecendo. Conforme as entrevistas com mais de 1.900 pessoas que estão organizando o enlace em todo o Brasil, o planejamento da lua de mel é uma realidade de 7 a cada 10 casais. 

A maior parte dos entrevistados (88%) tem entre 26 a 40 anos, estão planejando o primeiro casamento (94%) e um em cada cinco casais deve se casar ainda este ano (22%). Ao participarem do questionários, os casais responderam sobre vários temas relacionados ao enlace matrimonial. Nas perguntas sobre lua de mel, 71% deles disseram que irão fazer uma viagem para comemorar a união. Apenas 24% responderam que ainda não sabem se terão a lua de mel e apenas 5% já têm certeza de que não irá investir neste quesito. 

A pesquisa também mostrou que o destino favorito dos casais, em grande parte (43%), são as praias do Brasil. Se considerado também cidades turísticas, históricas e conhecidas por sua natureza, 62% dos casais que responderam a pesquisa terão a lua de mel em território nacional e irão utilizar o avião como meio de transporte principal para se deslocar ao destino.

No último dia 19 de maio, o Ministério do Turismo elencou alguns destinos nacionais escolhidos por casais brasileiros para a lua de mel. De acordo com a nota, no Brasil não faltam “locais para a realização de um “Destination Wedding” – formato de casamento onde a cerimônia é realizada fora da cidade onde os noivos moram”, destacando praias paradisíacas, vilarejos históricos e locais com campos e montanhas nas quais é possível realizar o casamento, além de desfrutar de uma viagem a dois. Trancoso (BA), Fernando de Noronha (PE), Monte Verde (MG), Alter do Chão (PA) e Gramado (RS) foram alguns dos destinos recomendados. 

Em fevereiro deste ano, o Brasil também assinou junto com outras nações a declaração “Transformação para o Futuro do Turismo”, elaborado pela Organização Mundial do Turismo (OMT) das Nações Unidas. Nele, o país assume o compromisso de agir, de acordo com o texto, “para que os setores público e privado trabalhem juntos e aproveitem a oportunidade de colocar a sustentabilidade e a inclusão no centro do reinício e recuperação do setor”.

Quantos dias o brasileiro passa em lua de mel

Cerca de 36% dos 1.900 noivos que responderam à pesquisa afirmaram que devem passar uma semana no destino previsto para a lua de mel, mas há quem irá desfrutar de menos de uma semana (28%) ou de 7 a 10 dias (25%). Apenas 9% responderam que vão fazer uma lua de mel entre 11 e 21 dias. Além disso, 1% dos casais disse que vão passar mais de mês em lua de mel e outro 1% disse que dedicará a esse evento mais de ano.

Quase a metade dos casais(48%) pretende iniciar a lua de mel no dia do casamento ou no dia seguinte do casamento. Perguntados se fariam uma Buddymoon – uma lua de mel com um grupo de amigos – somente 10% disse que aceitaria compartilhar os momentos da viagem presencialmente com amigos. O restante (90%) ainda prefere deste tempo de forma exclusiva com o parceiro.

Destino internacional para 1 em cada 4 casais

Depois de anos economizando por conta do início da pandemia e devido a recente queda das moedas internacionais, há também casais que desejam realizar uma viagem de lua de mel internacional. Conforme mostra a pesquisa, essa será a escolha de 1 a 4 casais (25%).

Quanto custa a lua de mel 

Já o valor investido por casal na viagem de celebração do casamento é um dado que faz parte d´O Livro Imprescíndivel dos Casamentos, estudo elaborado por Casamentos.com.br em parceria com a escola de negócios ESADE e em colaboração com o Google. De acordo com o estudo feito com 4.250 casais, o custo médio da lua de mel é de R$ 6.800. Enquanto o valor de uma lua de mel nacional gira em torno de R$ 3.600, o valor investido pode chegar até R$15.500 em uma lua de mel internacional. Os dados são de 2019, último ano de atividade normal do setor nupcial, antes do início da pandemia.

De acordo com dados do Portal da Transparência, de janeiro a maio, foram registrados no Brasil 326.353 casamentos. A expectativa da marketplace é que até o final ano, 1 milhão de casamentos possa ser realizados, como forma de atender a demanda reprimida provocada pela pandemia nos últimos dois anos.