O mercado tem mostrado uma crescente presença das mulheres no cooperativismo de crédito. De acordo com os dados do Anuário do Cooperativismo Brasileiro de 2021, 40% do total de cooperados brasileiros são mulheres, bem como 39% dos colaboradores do setor.

Atualmente, as mulheres representam quatro em cada 10 cooperados e, quando se fala no ramo da saúde, elas somam um total de 53%. Ao avaliar o cenário, a diretora superintendente da Unicred Central Multirregional, Carolina Ramos, afirma que ainda há espaço para ampliar esses dados. “Esse é um movimento que tem grande tendência de crescimento, ainda mais em um momento em que falamos sobre liberdade e educação financeira para mulheres. Um público cada vez mais consciente sobre a utilização do seu dinheiro”, comenta.

Na Unicred Central Multirregional, por exemplo, as mulheres representam 48,23% do quadro de cooperados e, entre os colaboradores da Central, 65% são do público feminino. “A presença de mulheres dentro das nossas cooperativas só vem corroborar com o nosso propósito em promover o desenvolvimento do nosso cooperado, colaboradores e comunidade, sempre com profissionalismo e igualdade”, acredita.