A pandemia da Covid-19 acelerou o crescimento do mercado digital, que já era esperado, e o consumidor brasileiro aderiu de vez às compras pela internet. De olho nessa tendência, muitos brasileiros têm investido em novos negócios on-line ou levado as vendas das empresas para a Internet. Para colocar essas ideias em prática, empreendedores estão buscando conhecimento em técnicas, ferramentas e conceitos de marketing necessários para estruturar negócios eficientes de vendas on-line.

De acordo com levantamento feito pelo Serasa Experian, sete em cada dez micro, pequenas ou médias empresas (73,4%) do país estão fazendo vendas on-line durante a pandemia. O site E-Commerce Brasil mostra que apenas no primeiro semestre de 2021, o setor atingiu R$ 53,4 bilhões em vendas no país. Relatório elaborado pela Ebit | Nielsen aponta que um dos motivos deste crescimento é o aumento no ticket médio das compras, que passou para R$ 534,00 no período, o que representa um aumento de 22% em comparação com o mesmo período do ano anterior.

Com esse cenário, as lojas virtuais estão despertando cada vez mais a atenção de quem quer empreender no Brasil, conforme revela a 7ª edição da pesquisa “Perfil do E-Commerce Brasileiro”, parceria do PayPal Brasil e da BigDataCorp. O estudo mostrou que o Brasil já tem quase 1,5 milhão de lojas on-line e que o número de E-commerces cresceu 22,05% em 2021.

Dados da Hotmart confirmam que o volume de novas compras de cursos on-line cresceu 161% entre maio de 2019 e o mesmo mês em 2020. Já a HeroSpark teve aumento de 1002% na busca por seus serviços na comparação entre os últimos dois meses de 2019 contra 2020. Em 2021, a venda de cursos aumentou 60% entre janeiro e julho, na comparação com o mesmo período do ano anterior.

Segundo o empreendedor Rodrigo Lopes, para chegar na execução desses novos negócios digitais, os empreendedores têm investido fortemente em conhecimento na construção dessa jornada, incluindo cursos, treinamentos e consultorias. “É fundamental ter em mente os passos necessários para desenvolver um negócio sólido. Uma boa preparação e as informações corretas podem fazer toda a diferença nesse sentido”, afirma Lopes, fundador da Faculdade do Empreendedor, consultor, investidor de startups e autor do livro “O Poder da Execução”.

“Não é simplesmente ativar uma plataforma on-line e começar a faturar. Precisa investir em conhecimento para consolidar uma trajetória de sucesso”, explica o empreendedor. Pensando nisso e entendendo a dor dos empreendedores que estão migrando para o digital, o empresário disponibiliza os conteúdos da Faculdade do Empreendedor de graça para qualquer pessoa que deseja ter acesso e se capacitar.