A Acelen se uniu ao UNICEF para que crianças e adolescentes de três municípios baianos possam ir para a escola mais seguros e protegidos da Covid-19 e de outras doenças. Por meio da parceria, 32 escolas de Candeias, São Francisco do Conde e Madre de Deus, no recôncavo baiano, serão beneficiadas com estruturas de lavagem de mãos, itens de higiene e formação para suas equipes escolares em temas de saúde. Lançada nesta terça-feira, 12, a iniciativa tem como meta beneficiar 3,2 mil estudantes.

O projeto está dividido em duas estratégias complementares: equipar as escolas com estações de lavagem de mãos e itens de higiene; e promover mudanças de comportamento de estudantes, famílias e comunidade. Para tanto, ao longo do ano, as equipes escolares receberão formação sobre protocolo de prevenção de infecções e promoção de campanhas de comunicação voltadas à promoção da saúde.

“Nós trabalhamos com visão de longo prazo e olhar pelas crianças, especialmente as que estão nas comunidades de São Francisco do Conde, Candeias e Madre de Deus, é olhar para o futuro que queremos, de respeito e oportunidades para todos. Por isto, priorizamos promover mais saúde e educação nas unidades educacionais destes municípios, de uma forma que vai reverberar para a toda a comunidade escolar, incluindo os profissionais e familiares dos alunos”, diz Marcelo Lyra, VP de Relações Institucionais e Comunicação da Acelen.

A parceria será implementada em 16 escolas em Candeias, 14 em São Francisco do Conde e duas em Madre de Deus, beneficiando diretamente 3.200 alunos, 256 professores e 6.400 pais e cuidadores. Além deles, a iniciativa também alcançará as demais escolas dos três municípios, que serão convidadas a enviar suas equipes para participar das capacitações sobre saúde e higiene.

“Saúde e educação são direitos de cada criança e adolescente. Por meio dessa parceria com Acelen, vamos contribuir para criar ambientes mais saudáveis nas escolas desses três municípios. Graças à parceria, meninas e meninos terão acesso a mais estruturas de lavagem de mãos e itens de higiene nas escolas e irão aprender sobre prevenção de doenças e cuidados com a saúde, beneficiando também suas famílias e comunidades”, afirma Juan Calvo, chefe de parcerias e arrecadação de recursos do UNICEF no Brasil.

A iniciativa será implementada nos três municípios pelo UNICEF, em parceria com a organização local Centro Dom José Brandão de Castro (CDJBC).